Subscribe:

10 de nov. de 2009

Justiça lenta


Nos anos 90 eu fazia algumas charges para um jornal local daqui de Belo horizonte. Era o Jornal do Barreiro. Foram uns dois anos de muito trabalho, o jornal era quinzenal e eu vendia anúncios publicitários pra arrecadar uma verba. E casualmente desenhava. Veja aí uma que achei no baú ilustrando sobre a lentidão da justiça brasileira. Desta época pra cá não mudou muita coisa, ou mudou?

5 comentários:

Roque José disse...

muito bom suas charges Daniel...

curti muito

Reflexo d'Alma disse...

Ei!
Estou chegando pra conhecer sue blog,
adoro charges,hj moro no ES mas tenho no RJ
minha coleção muito bem guardada.
Vou passear por aqui e depois volto
pra comentar .
Se gostar d epoesia simples, passa la no meu espaço.
Bjins entre sonhos e delírios

Jaime Guimarães disse...

Olá! Bem, eu acho que mudou, sim: desse tempo todo ( anos 90) até agora, a Justiça conseguiu a façanha de ser mais lenta e burocrática. Tanto quanto uma tartaruga! rs

abs! Gostei das charges daqui, parabéns!

Daniel Paiva disse...

gosto de Poesias sim, passo lá depois amiga, E Jaime, você está certo, muita gente passando necessidades por causa da lentidão da justiça. Obrigado por gostarem do meu canto.

Valdecy Alves disse...

Estado do Ceará é condenado a pagar 200 mil reais de indenização à família de estudante, morta dentro da escola, além de pensão até os pais da falecida completarem 65 anos. DIVULGUEM, POIS O MAIS FUNDAMENTAL É O CARÁTER PEDAGÓGICO DA CONDENAÇÃO, QUE VALE PARA ESCOLAS PÚBLICAS E PARTICULARES. Leia matéria em:

www.valdecyalves.blogspot.com