Subscribe:

10 de nov de 2009

Justiça lenta


Nos anos 90 eu fazia algumas charges para um jornal local daqui de Belo horizonte. Era o Jornal do Barreiro. Foram uns dois anos de muito trabalho, o jornal era quinzenal e eu vendia anúncios publicitários pra arrecadar uma verba. E casualmente desenhava. Veja aí uma que achei no baú ilustrando sobre a lentidão da justiça brasileira. Desta época pra cá não mudou muita coisa, ou mudou?

5 comentários:

Roque José disse...

muito bom suas charges Daniel...

curti muito

Reflexo d Alma disse...

Ei!
Estou chegando pra conhecer sue blog,
adoro charges,hj moro no ES mas tenho no RJ
minha coleção muito bem guardada.
Vou passear por aqui e depois volto
pra comentar .
Se gostar d epoesia simples, passa la no meu espaço.
Bjins entre sonhos e delírios

Jaime Guimarães disse...

Olá! Bem, eu acho que mudou, sim: desse tempo todo ( anos 90) até agora, a Justiça conseguiu a façanha de ser mais lenta e burocrática. Tanto quanto uma tartaruga! rs

abs! Gostei das charges daqui, parabéns!

Daniel Paiva disse...

gosto de Poesias sim, passo lá depois amiga, E Jaime, você está certo, muita gente passando necessidades por causa da lentidão da justiça. Obrigado por gostarem do meu canto.

Valdecy Alves disse...

Estado do Ceará é condenado a pagar 200 mil reais de indenização à família de estudante, morta dentro da escola, além de pensão até os pais da falecida completarem 65 anos. DIVULGUEM, POIS O MAIS FUNDAMENTAL É O CARÁTER PEDAGÓGICO DA CONDENAÇÃO, QUE VALE PARA ESCOLAS PÚBLICAS E PARTICULARES. Leia matéria em:

www.valdecyalves.blogspot.com